fbpx

BNDES Garagem promoveu “elevator-pitch day” e “speed-dating” entre Insurtech e Seguradora que promete gerar bons frutos para o ecossistema de inovação do país

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Curtiu? Compartilhe esse post!

Dia de Encontro com Parceiros Corporativos do BNDES Garagem.

No dia 15 de Maio, o BNDES Garagem promoveu “elevator-pitch day” e “speed-dating” entre startups e Parceiros Corporativos, agenda coordenada pela Liga-Wayra.

Depois de ter participado de três processos de aceleração (Wow! e Darwin, no segundo semestre de 2017; e, StartupSC, 2018-I) e uma aceleração “com cara de rodada de negócios” (TroposLab/SindSeg MG, 2018), esta foi a primeira vez que experimentamos uma “rodada de negócios” com Parceiros Corporativos que previamente assinaram contratos com o BNDES Garagem, comprometendo-se em desenvolver negócios com as startups que estão sendo aceleradas pelo BNDES.

Os Parceiros Corporativos receberam o “elevator pitch” das startups que estão sendo aceleradas e escolheram aquelas que identificaram ter sinergias com seus negócios. Durante a agenda, cada um apresentou seu respectivo “elevator-pitch”: empreendedores das startups, gestores dos programas de inovação aberta e executivos dos Parceiros Corporativos.

Parceiros Corporativos que previamente não haviam identificado sinergias, tiveram a oportunidade de interessar-se por outras startups e de conversar com seus empreendedores. Foi o caso da Roland Berger, uma consultoria global de origem Alemã, com clientes do tipo Seguradoras e Bancos.

Parabéns BNDES e Liga-Wayra pelo formato diferenciado de “comprometimento contratado” com os Parceiros Corporativos

Com esse formato de “comprometimento contratado”, as startups tem condições de acessar o melhor capital do mercado: “dinheiro de cliente” (que é mais barato que dinheiro de venture capital, pois é equity-free).

O BNDES Garagem acelera as startups gerando oportunidades de negócios com Parceiros Corporativos (equity-free) e entrega startups melhor preparadas (com dinheiro de cliente) para serem exponencialmente aceleradas com investimento dos fundos de Venture Capital. A BNDES Par é um dos principais investidores em fundos de Venture Capital no Brasil.

Quando o Rio de Janeiro terá um Centro de Inovação do BNDES?

Fica aqui a provocação para o BNDES implantar no Rio de Janeiro um Centro de Inovação, aos moldes do que foi construído em Santa Catarina pela ACATE e fomentar o desenvolvimento do ecossistema de startups do Rio de Janeiro.

O Centro de Inovação da ACATE, em Florianópolis, criou a maior densidade de startups B2B do país “colocando debaixo do mesmo teto” fundos de investimento, aceleradoras, co-working, labs e startups.

#SCStrong

Santa Catarina já é apontada como o segundo ecossistema de inovação do país, a frente de Minas Gerais. A primeira posição é de São Paulo.

E ainda encontrei o Alexandre Pompeu, super ativo no ecossistema de Insurtechs no Brasil.

A O2OBOTS foi a primeira Insurtech selecionada para ser acelerada através do programa BNDES Garagem.

A O2OBOTS é a única Insurtech, com o propósito de empoderar os canais de distribuição de seguros, que tem a CNSeg Par como uma de suas acionistas, junto com B3, RTM e Neoway.

#goO2OBOTS #goSegurobot #CNSegPar #B3 #RTM #Neoway #Wow! #Darwin #StartupSC #IBM #HubSpot #insurance #seguro #insurtech #WhatsApp #Messenger #SCStrong #BNDESGaragem

Últimos posts

Deseja aumentar a sua força de vendas alugando robôs com Inteligência Artificial?